Como escolher a cortina certa para o seu ambiente.

As cortinas exercem funções importantes, que além de ter um papel fundamental para a decoração dos ambientes, deixando eles elegantes, elas têm como objetivo controlar a entrada  de luz, proteger pisos e moveis e garantir a privacidade. Mas para escolher o modelo certo não devemos nos basear apenas na estética e harmonização. A principal função da cortina é limitar a quantidade de luz que irá adentrar o ambiente, e para isso temos que analisar em qual ambiente será usada e a quantidade de luz desejada.

Hoje existem diversos modelos de cortinas com os mais variados tipos de tecidos e instalações, além de modelos com sobreposições e até materiais reciclados. Por ser um objeto que completa a decoração do ambiente e tem um grande impacto visual, a cortina tem que ser bem planejada, assim conseguimos harmonizar cores e textura, sem necessariamente deixar o ambiente monótono ou com um impacto além do necessário.

Tecido

Sendo ele o elemento principal, devemos levar em consideração alguns fatores na hora da escolha. Os tecidos com tramas mais leves, como as cortinas de voil, são as que permitem que a luz entre com mais intensidade, enquanto as tramas mais espessas e fechadas, que são as de algodão, linho e as blackout, deixam os ambientes mais escuros e melhoram a acústica dos espaços. Outros aspectos importantes antes da escolha final é se a janela ficará aberta constantemente, se é de fácil limpeza e manutenção, se o material é antialérgico, além das cores e texturas dos tecidos.

Tamanho

Elas podem ser longas e arrastando no pispo ou retentes ao mesmo, isso vai de acordo com o ambiente e o caimento desejado. Para as longas, não há regras. Já as curtas temos que respeitar algumas regras para que não aconteça de vazar a luz pelas laterias, geralmente ultrapassando de 20cm a 30cm além das janelas.

Suporte

Quando há forro de gesso e cortineiro no ambiente utilizamos o trilho suíço, que fica oculto entre o forro de gesso e a parede dando um acabamento bonito e elegante para o ambiente. O varão fica aparente e é utilizado quando não há o forro de gesso, hoje temos diversas ponteiras e cores para acrescentar ele como uma peça na decoração do ambiente.

Outra opção é sobrepor diferentes modelos, uma persiana ao fundo com um tecido mais fluído sobreposto, da um acabamento bonito e elegante.

0 respostas

Deixe um comentário

Quer juntar-se a discussão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *