Obra rápida e sem sujeira!

Já foi o tempo em que o Drywall era apenas para áreas internas e secas, ou que não era resistente o suficiente para a instalação de armários ou painéis… Hoje temos disponíveis alguns tipos de placas que são indicadas para cada ambiente de acordo com sua utilidade. A construção a seco, como é chamada, está cada vez mais sendo utilizada não apenas em forro de gesso ou divisórias, como também em fachadas. 

Cursiosidades 

  • O drywall pode parecer frágil, mas não é. Temos a possibilidade de instalar portas, janelas e até mesmo bancadas de granito nele.
  • Para a instalação é necessário se informar antes sobre o peso que será instalado na placa de drywall. Existem buchas de fixação para diferentes pesos.
  • A parede de drywall com isolamento acústico muitas vezes é melhor que a de alvenaria, até as paredes dos cinemas são feitas desse material, que torna a acústica impecável…

Com um custo menor, durabilidade, espessuras menores e uma obra mais rápida, o drywall nos dá diversas possibilidades na hora da reforma e aceita diversos materiais de acabamento, até mesmo o azulejo. Para reformas ou obras que precisam ser finalizadas com urgência… Drywall é a palavra chave!

Um pouco sobre as placas de draywall…

A placa de drywall branca é a mais básica e é utilizada principalmente em forros de gesso e paredes/divisórias para ambientes secos.

A placa de drywall rosa é indicada para locais onde há calor. Em sua composição existe fibra de vidro, o que torna ela anti-chamas.

Em sua composição existe silicone e aditivos fungicidas, o que torna a placa de drywall verde (RU) ideal para áreas molhadas. 

Quando der aquela vontade de mudar um pouco a casa ou fazer uma iluminação diferenciada… Não da mais para colocar a culpa na sujeira… É só passar o aspirador de pó e pronto!

2 respostas

Deixe um comentário

Quer juntar-se a discussão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *